top of page
  • Foto do escritorsitefederacao

Dois paranaenses faturam o bronze na CBI Taça Brasil Sub-21, em Curitiba

Após um longo dia de duelos quentes, cinco judocas do Paraná chegaram nas disputas por medalhas.


Por: Leandro Georgete - F.PR.JUDÔ


Nycolly Carneiro (-48kg) na comemoração após a disputa pelo bronze - Foto: Leandro Georgete/F.PR.JUDÔ


Neste sábado (15) o Ginásio do Tarumã, em Curitiba, respirou o mais puro judô nacional. Na CBI Taça Brasil Sub-21, mais de 456 atletas de 93 clubes participaram, sendo o maior número desde sua criação, distribuindo pontos importantes para o ranking nacional da categoria.


Claro que entre os mais de 400 judocas teve diversos paranaenses lutando no “palco” do judô estadual. Foram 77 atletas do estado do Paraná que entraram em ação em Curitiba. No saldo total, quatro paranaenses medalharam na competição, fazendo bonito e fervendo o ginásio com duelos para lá de quentes.


Primeiro bloco


No bloco da manhã a Federação Paranaense de Judô (F.PR.JUDÔ) teve uma representante muito especial. Nycolly Carneiro (-48kg), da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB), foi a responsável por conquistar a primeira medalha do judô paranaense neste sábado.


Saindo como cabeça de chave número três da competição, Nycolly já iniciou a sua jornada nas oitavas de final e venceu as duas primeiras lutas no chão, mostrando a sua principal arma para o torneio. A paranaense sofreu um ippon na semifinal, o que a levou para a disputa do bronze.


No duelo pelo terceiro lugar, Nycolly se impôs e venceu, novamente no chão, a atleta da Sociedade Esportiva Palmeiras, Juliana Yamazaki. Com a medalha no peito, Nycolly comentou que bateu na trave na mesma competição, na temporada de 2023, mas que dessa vez a medalhinha chegou a ela.


Vale lembrar, que esse é o último ano de Nycolly na categoria Sub-18, mas mesmo com 17 anos, já vai colocando ritmo e dando trabalho em uma categoria de idade acima da sua.


Ainda no bloco da manhã, Emanoely Rabelo (-52kg) fez uma exibição de gala no Tarumã. Com lindos ippons (dignos de serem os ippons do campeonato), a atleta da AABB


Segundo bloco


A parte da tarde/noite começou intensa. Com um show de técnica, Gustavo Milano (-90kg), também da AABB foi o segundo e último medalhista do dia. Milano foi o cabeça de chave número 4 da competição e começou já nas oitavas de final, vencendo por ippon. 


Nas quartas de final foi derrotado por um atleta do Esporte Clube Pinheiros, mas foi para a repescagem, onde venceu por waza-ri e partiu rumo à disputa de bronze. No duelo pela terceira posição no pódio, Milano passou a meia-guarda e imobilizou o paulista Lucas Ribeiro e garantiu a medalha de bronze no peito.


Mais dois atletas paranaenses estiveram na disputa pelo bronze. Guilherme Luz (-100kg), da Associação Desportiva Judô Tonietto, lutou contra Alexandre Albano II, da Sogipa, mas foi derrotado. Ana Costa (-70kg), da Sociedade Morgenau, também lutou pelo terceiro lugar, mas foi derrotada por waza-ri no fim da luta, e não conseguiu buscar a medalha.


124 visualizações1 comentário

1 Comment

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
Newt Carbon
Newt Carbon
Jun 16

Olá, pessoal. Descobri o site www.nascarbrasil.com por acaso, mas agora o visito regularmente antes de escolher um novo cassino online no Brasil. As resenhas são escritas com muito profissionalismo e cada detalhe é minuciosamente analisado. É especialmente bom que o site seja atualizado e sempre contenha informações atuais para 2024. Graças a esse recurso, consegui encontrar o cassino perfeito para mim e já o recomendei aos meus amigos.

Like
bottom of page