top of page
  • Foto do escritorsitefederacao

Professores paranaenses endossam gestão de Luiz Iwashita à frente da Federação Paranaense de Judô

Luiz Iwashita, presidente da FPrJ © Budopress


Apesar do ataque infundado e sem precedentes, Luiz Iwashita promete seguir focando no desenvolvimento técnico e estrutural da modalidade e, para tanto, conta com o apoio de toda a coletividade

Judô Paranaense 10 de março de 2021 Por ASCOM / FPrJ Curitiba (PR)

No mês de março, a comunidade do judô paranaense foi surpreendida com acusações feitas pelo presidente da Confederação Brasileira de Judô (CBJ) contra o professor kodansha shichi-dan (7º dan) Luiz Hisashi Iwashita, em retaliação ao fato de o judô paranaense não ter apoiado sua reeleição.

Para conhecer a avaliação que alguns dos principais nomes do judô paranaense fazem da gestão e do caráter do presidente da Federação Paranaense de Judô (FPrJ), entrevistamos senseis de várias gerações e regiões do Paraná, que foram unânimes em endossar o trabalho realizado pelo professor Iwashita.

A reeleição do professor Luiz Iwashita para comandar a FPrJ já demonstra que sua gestão pautou-se na ética e no desenvolvimento da modalidade, o que o projetou em nível nacional. Sua diretoria e equipe de trabalho tornaram o judô paranaense referência em administração e na realização de eventos presenciais e virtuais.

Durante a pandemia, a FPrJ mostrou seu poder de reinventar-se e adaptar-se a novos cenários. Confira aqui o compilado de ações de 2020 e veja abaixo a avaliação de alguns dos principais professores do Paraná do trabalho realizado por Luiz Iwashita.

Liogi Suzuki, professor kodansha kyuu-dan (9º dan)


O notável professor kodansha kyuu-dan (9º dan) Liogi Suzuki, único judoca que presenciou a fundação da FPrJ em 1961 ainda vivo, afirma que o presidente Iwashita tem realizado um ótimo trabalho, focando sempre em promover a melhoria da qualidade de vida de todos os judocas do Estado.

“A FPrJ continuará focada em formar boas pessoas e cidadãos, e isso é primordial para a nossa modalidade, que carrega tantos valores em seus preceitos. Acredito que nosso querido presidente sofreu muita pressão nos últimos tempos porque estava focado em ajudar seu conterrâneo da Federação Paulista de Judô, o professor Francisco de Carvalho, que era como um irmão. Iwashita teria prometido voto a ele na eleição da Confederação Brasileira de Judô (CBJ) e Chico acabou falecendo. Foi uma situação delicada e, ainda assim, o presidente foi até o fim com sua promessa. Prezo pela FPrJ na mais perfeita harmonia, sendo gerida por pessoas que procuram bons apoios. Nossa federação pode vangloriar-se de nunca ter sido uma pedra no sapato de nenhuma outra federação. Até hoje, ela foi administrada por bons judocas, e não políticos profissionais.”

Yoshihiro Okano, professor kodansha kyuu-dan (9º dan) © Ascom / FPrJ


O prestigiado professor kodansha kyuu-dan (9º dan) Yoshihiro Okano define a reeleição de Luiz Iwashita com uma palavra: mérito.

“Em poucas palavras, posso sintetizar esta reeleição com a palavra mérito. São anos de dedicação à federação e o professor Iwashita está colhendo os frutos disso. Há algum tempo, ele dizia que estava em seu mandato final, mas acredito que, se ele tem direito a mais uma recondução, aproveitando mais quatro anos para fechar seu ciclo como presidente na FPrJ. A gestão dele sempre foi muito tranquila e baseada na harmonia em geral. O Iwashita e a equipe dele merecem.”

Professor kodansha hachi-dan (8º dan) Makoto Yamanouchi, ex-presidente da FPrJ © Budopress


O professor kodansha hachi-dan (8º dan) Makoto Yamanouchi, ex-presidente da FPrJ, destacou as principais qualidades do dirigente da FPrJ.

“O sensei Iwashita é muito eficiente e querido pelas pessoas, merece mais uma gestão com toda a certeza. Ele tem uma empatia pessoal absurda, é um judoca na acepção da palavra e cresceu muito como gestor. Seriedade não lhe falta como administrador, e é isso o que lhe conferiu a reeleição novamente. O Paraná é referência em administração. Gostaria de parabenizar o professor Iwashita e toda a equipe eleita para o mandato deste quadriênio.” 

Professor Ney de Lucca Mecking integrante do conselho de ética da FPrJ © Ascom / FPrJ


Integrante do conselho de ética da FPrJ, o professor kodansha hachi-dan (8º dan) Ney de Lucca Mecking afirma que a reeleição do professor Iwashita, assim como a recondução da maioria dos integrantes da sua diretoria, reflete o excelente trabalho desenvolvido ao longo dos últimos mandatos.

“Destaca-se que, nesta época de pandemia, a Federação Paranaense de Judô fez vanguarda, ampliando horizontes com diversas ações online e possibilitando a participação dos seus filiados, sejam eles professores ou atletas. Tenho certeza de que os destinos do judô do Paraná serão mais uma vez bem conduzidos e, assim, promoverão a prosperidade coletiva sempre com a melhor utilização de todas as energias!”

Helder Faggion, vice-presidente da FPrJ © Budopress


O professor kodansha roku-dan (6º dan) Helder Faggion, reeleito vice-presidente pela chapa Lutando por um ser melhor, enxerga sua recondução e a de Iwashita como uma confirmação do bom trabalho que vêm desempenhando.

“A nossa reeleição é a afirmação de que estamos no caminho certo para desenvolver o judô no Estado do Paraná, mas não é somente uma continuação, e sim renovação e inovação, já que estamos com várias ideias e projetos para manter a chama do judô acesa entre nossos filiados mesmo em meio à pandemia.”

Washington Toshihiro Donomai, 2°vice-presidente da FPrJ © Budopress


Eleito pela primeira vez 2°vice-presidente da FPrJ, o professor kodansha roku-dan (6º dan) Washington Toshihiro Donomai revela enorme satisfação com a reeleição de Iwashita, e reafirma que o dirigente paranaense já provou sua grande competência.

“O professor Iwashita já provou sua competência como gestor no comando da nossa federação por meio de um trabalho transparente e, sem sombra de dúvidas, muito produtivo em todos os sentidos. Fico contente por poder contar com seu trabalho durante mais um mandato à frente da nossa gloriosa FPrJ. Ele é uma pessoa que segue fielmente um dos grandes ensinamentos do shihan Jigoro Kano: onore wo tsukushite naru wo matsu, que significa dê o seu melhor e espere o resultado.”

Professor kodansha 7º dan Roberto Nagahama © Budopress


Roberto Nagahama, professor kodansha 7º dan, avalia a reeleição por aclamação como prova de que a família judoísta do Paraná aprovou os mandatos anteriores da gestão de Luiz Iwashita.

“O que faz a grande diferença em sua gestão é a equipe de diretores composta por jovens talentosos que prezam e respeitam sempre os mais antigos. O professor Iwashita é bem democrático e tem projetado o judô paranaense para todo o Brasil em termos de organização e tudo aquilo que é necessário para que o judô tenha vida longa no Estado. Só tenho a aplaudi-lo de pé por todo o trabalho que tem realizado. Parabéns Iwashita e equipe.”

Walter Kazunori Babata, delegado da FPrJ na Região Noroeste © Budopress


Delegado da FPrJ na Região Noroeste, o proeminente professor kodansha shichi-dan (7º dan) Walter Kazunori Babata parabenizou a diretoria que comandará o judô paranaense nos próximos anos.

“Queria dar os parabéns ao professor Iwashita e à diretoria pela reeleição na nossa federação. Já disse que ele vem fazendo um trabalho excelente durante todos os anos anteriores, então, espero que continue, assim como a equipe que ele tem escolhido, que é excelente. Nós somos uma referência nacional de gestão. Muito obrigado e parabéns, sensei.”

Edilson Hobold, professor kodansha roku-dan e árbitro FIJ A


O professor kodansha roku-dan e árbitro FIJ A, Edilson Hobold  enxerga a reeleição de Iwashita com “bons olhos”. Para ele, a conquista é um mérito da sua excelente gestão, principalmente na questão administrativa, área em que considera Iwashita extremamente qualificado e competente.

“Ao avaliarmos todo o trabalho realizado no Estado do Paraná no campo administrativo, a federação está muito bem organizada. Há muito tempo, o presidente Iwashita evidencia sua competência e está sempre bem amparado por pessoas extremamente qualificadas dos mais diversos departamentos da FPrJ. Os diretores destes departamentos realizam ações sempre com o apoio e dinamismo do professor Iwashita por trás. A palavra-chave, na minha opinião, é competência. Não tenho dúvida disso, até porque, ninguém se mantém à frente de uma federação se não tiver competência para tal. Desejo sucesso e sempre estarei à disposição para servir a Federação Paranaense de Judô.”

Celso Ogawa, coordenador do departamento de rendimento da FPrJ © Budopress


Coordenador do departamento de rendimento da FPrJ, o professor kodansha roku-dan (6º dan) Celso Ogawa entende que o trabalho em equipe de toda a diretoria escolhida pelo professor Iwashita contribuiu diretamente para a reeleição deste quadriênio.

“O judô paranaense continua em boas mãos. O professor Iwashita tem realizado ótimos trabalhos por meio da sua diretoria, que, junto a ele, faz a federação estar sempre à frente, proporcionando diversos cursos e competições. Mesmo durante a pandemia, tivemos vários campeonatos online e cursos de katas e golpes. Espero que venham mais quatro anos de muito trabalho e que ele tenha sabedoria para manter a federação entre as melhores do Brasil.”

Saimon Magalhães, membro do conselho estadual de educação da FPrJ © Budopress


Membro do conselho estadual de educação da FPrJ, o renomado professor Saimon Magalhães acredita que a reeleição de Iwashita reflete a excelência de seu trabalho contínuo em prol do desenvolvimento do judô paranaense.

“Quando falamos em reeleição, falamos em sequência de trabalho. Nos últimos anos, a FPrJ tem buscado reinventar-se e alcançar o maior número de praticantes possível. Criou novos departamentos, atingindo públicos específicos e comandando o trabalho conjunto de toda a diretoria, buscando o melhor para a federação e seus afiliados. Certamente, teremos uma continuidade dos trabalhos com o sensei Iwashita, mantendo a busca por inovação e participação ativa das agremiações, professores e atletas.”

Reinaldo Francisco, tesoureiro da FPJudô e delegado regional Centro-Sul © Budopress


O professor kodansha roku-dan (6º dan) Reinaldo Francisco, tesoureiro e delegado regional Centro-Sul, está “muito satisfeito” com o trabalho do professor Luiz Iwashita nos últimos anos.

“Penso que o sensei Luiz, em suas palavras, já manifestou gratidão pela confiança depositada em seu trabalho por mais quatro anos, pois elegeu-se por aclamação. Tenho muito orgulho de fazer parte da equipe de trabalho e apoio o compromisso de fazer o melhor possível pela FPrJ no próximo quadriênio. Como sempre, trabalhando incansavelmente em prol do desenvolvimento do judô no Paraná”.

José Luis Lemanczuk Júnior, coordenador do departamento de técnicas © Budopress


O professor go-dan (5º dan) José Luis Lemanczuk Júnior revela total confiança na diretoria que comandará a FPrJ no  próximo quadriênio.

“Eu apoio integralmente a reeleição do professor Iwashita. Estou do lado da nossa entidade e trabalho incansavelmente para o sucesso e a excelência da Federação Paranaense de Judô. Nesta nova gestão, desejo que os erros do passado sejam superados e os acertos se mantenham. Parabenizo o professor Iwashita e todos os demais membros eleitos, por esta importante conquista.”

29 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page