top of page
  • Foto do escritorsitefederacao

Tiago Camilo abre Polo do Instituto em Londrina

Tiago Camilo esteve ontem dia 06 de março em Londrina para inaugurar mais um Polo do Instituto Tiago Camilo, primeiro no Paraná.

O Presidente da Federação Paranaense de Judô, Sensei Helder Faggion esteve presente e prestigiou o evento.


Sobre o Instituto

Em 5 de junho de 2012, iniciamos o projeto Instituto Tiago Camilo, localizado no bairro de Paraisópolis, Zona Sul da cidade de São Paulo, área que concentra uma das maiores comunidades do país.

Buscando a implementação de políticas favoráveis aos mais vulneráveis, o projeto se manteve em expansão para outras localidades, desenvolvendo um trabalho sério voltado para áreas como esporte, educação e cultura.

Com o atendimento direcionado a crianças e adolescentes de 5 a 18 anos, o Instituto tem por objetivo colaborar de forma efetiva na construção do caráter de cada indivíduo, para, assim, transformar a sociedade em que vivemos. Em 9 anos de projeto, já impactamos direta e indiretamente a vida de mais de 12 mil pessoas.


Missão


Fazer do judô uma ferramenta de integração e transformação social, despertando virtudes humanas em nossos alunos e preparando-os para a vida.


Visão


Incluir participação do judô nas escolas públicas como disciplina complementar do currículo de Educação Física.


Valores


Respeito, honestidade, cortesia, honra, amizade e ética.


Metodologia

O Método Tiago Camilo traz em seu programa valores do bushido (código de ética dos samurais), além de todo desenvolvimento comportamental e físico. As técnicas de judô têm grande valor educativo, pois promovem a possibilidade de superar suas próprias limitações.


Tem por preceitos básicos o respeito, a disciplina, autoconfiança, equilíbrio, concentração, humildade, perseverança, determinação, solidariedade e resiliência.


O judô é um esporte coletivo que contribui para a interação com outras crianças, ensinando a importância de ouvir, esperar sua vez e lidar com momentos de frustrações e conquistas.


Temos conhecimento da preocupação dos pais e das escolas em estimular a prática de esportes (26,8% deixam de praticar esporte até os 15 anos) e de repassar valores e conceitos morais para as crianças.


Assim, considerando a importante missão de construir esses pilares dentro das escolas públicas e privadas, adequamos a metodologia às diretrizes da BNCC e de todas as competências específicas de Educação Física para o Ensino Fundamental.






136 visualizações0 comentário

Comments

Rated 0 out of 5 stars.
No ratings yet

Add a rating
bottom of page